domingo, 26 de dezembro de 2010

POLICIA PRENDE JUSTIÇA SOLTA!!!!!!!! ASSALTANTES DA BR-116 QUE ASSALTARAM ÔNIBUS DA VIAÇÃO PROGRESSO

Normando Sóracles

Após cinco horas de operação por parte da polícia militar da 3ª Cia do 2º BPM de Brejo Santo, sob o comando do Major Sobreira, juntamente com o Soldado PM Magalhães, Nóbrega, e policiais do destacamento local, conseguiram prender indivíduos que aterrorizavam trecho em obras na BR 116 de aproximadamente 70 quilômetros entre Milagres e Penaforte deixando em situação complicada a vida de milhares de veículos e passageiros que trafegam diariamente pelo local.

A paralisação das obras vem sendo um prato cheio para marginais que se aproveitam da lentidão dos carros para a prática de assaltos. Exemplo disso foi registrado na madrugada desta terça-feira, (21) em um trecho que fica entre as cidades de Jati e Penaforte.
A paralisação das obras vem sendo um prato cheio para marginais que se aproveitam da lentidão dos carros para a prática de assaltos. Exemplo disso foi registrado na madrugada desta terça-feira, (21) em um trecho que fica entre as cidades de Jati e Penaforte.

Passageiros de um ônibus da Empresa Progresso, passaram um grande susto. Os bandidos atravessaram um tronco de arvore na pista e fizeram uma barricada obrigando o motorista parar o ônibus. Ao sentir que se tratava de um assalto, o motorista ficou em desespero e ao avisar aos passageiros o que estava acontecendo, esqueceu de abrir as portas do veiculo e de repente, pedras foram arremessadas para dentro do ônibus quebrando quase todas as vidraças. Vejam fotos abaixo:



DOS FATOS

Um dia antes do assalto acima citado, o informante da polícia ouviu de um jovem que bebia em um bar juntamente com um advogado, que iria fazer na madrugada uma parada legal. Esse jovem trata-se de Iromar Francisco dos Santos, 22 anos, vulgo (gola), solteiro, lavador de carros, natural de Penaforte-Ce. Segundo Major Giovane, o informante não consegui repassar a informação no mesmo dia o que talvez tivesse evitado o assalto. Mesmo assim, foi de muita utilidade o bizu (gíria policial) passado o que fez acreditar e mesmo de férias o comandante reuniu alguns comandados e deu início à operação por volta das 10 horas da manhã de ontem.

O primeiro a ser preso foi Iromar, na cidade de Tamburil-PE, com 11 (onze) cédulas falsas de R$ 20,00 totalizando R$ 220,00 Reais.

Não reagindo a prisão e sem nenhum arrodeio, disse "major a casa caiu e eu não vou comer a bronca sozinho não, vou entregar o restante em número de quatro". Temendo por sua vida, Iromar pediu que lhe pusesse uma bala clava em sua cabeça (capô) para não ser reconhecido pelos amigos e comparsas.

Retornando para Penaforte na companhia da policia, Iromar entregou Jairo Ferreira Galvão, 24 anos, mototaxista, natural de Penaforte-CE, filho de um vereador daquela cidade. Com Jairo foi apreendido duas trouxas de maconha. Ficando calado durante abordagem não acrescentando nada sobre a parada que segundo Iromar teria participado.

Outra prisão, foi a do menor J.R.S.B, 15 anos. Um tio do menor na hora que a polícia tentava prendê-lo, sacou se uma faca peixeira o que acirrou os ânimos no local já que o mesmo queria que seu sobrinho empreendesse fuga. Após uma breve conversa, o tio resolveu entregar a arma e o sobrinho que também em silêncio disse que só falaria na justiça.

Os outros dois integrantes da quadrilha ao tomar conhecimento da operação policial, empreenderam fuga, dentre eles um jovem conhecido como Caic, filho de uma funcionária do fórum de Penaforte.

CONFISSÃO DO ASSALTO

Com riqueza de detalhes, Iromar o Gola, disse que antes de fazer a parada, o grupo se reuniu em um bar no posto fiscal e fizeram usou de muita bebida alcoólica e drogas como cocaína e crack que compram na cidade pernambucana de Salgueiro. Após estarem lombrados, seguiram em duas motos: Iromar mais dois em uma moto, e mais dois em outra moto até o local aonde aconteceu o assalto. Lá chegando, derrubaram uma arvore de caule bastante grosso e atravessaram na pista aterrorizando passageiros e espancando sem piedade o motorista do ônibus da Viação Progresso que seguia para Maceió. Disseram também, que por pouco não atearam fogo no veículo.

Após a prisão, Major sobreira e seus comandados seguiram para delegacia de policia civil de Brejo Santo para que seja feito os procedimentos legais.

Cabe agora a justiça, tirar de circulação esses malfeitores da sociedade, que aterrorizam, impõe medo e assusta os cidadões de bem que por aquela BR trafegam todos os dias.

Ao major Giovane e seus companheiros de farda, os agradecimentos da sociedade que clama por justiça e ainda acredita na sua polícia que clama pela PEC 300.

Nenhum comentário: