sexta-feira, 24 de junho de 2011

Mais de duas toneladas de drogas já foram apreendidas em 2011, no Ceará

foto llustrativa

Apreensão é duas vezes maior que a registrada no mesmo período de 2010.
82 homens e 23 mulheres foram autuadas por tráfico de drogas em 2011.


No Ceará, as drogas apreendidas em 2011 já somam mais de duas toneladas. Dado que, segundo delegado de narcóticos Pedro Viana, representa mais que o dobro das apreensões no mesmo período de 2010. Ao todo, são 82 homens e 23 mulheres autuados em flagrante por tráfico de drogas, cuja pena de reclusão pode variar de cinco há 15 anos. “E há muitos casos de reincidência”, afirma o delegado.
Próximo domingo, 26, é comemorado o Dia Mundial de Combate às Drogas e, segundo Viana, o Ceará tem muito o que comemorar. “Houve uma mudança na gestão da segurança pública. Desde que assumiu a secretaria do estado, o Coronel (Francisco José Rodrigues Bezerra) tem dado bastante apoio aos policiais e tem investido na inteligência. Isso tudo tem contribuído para um melhor desempenho”, diz Viana.
Um caso que mostra a melhora na atuação policial, de acordo com o delegado, foi a apreensão de quase 700kg de maconha no último dia 17, na BR-116. Viana relatou que droga vinha do Paraguai e atravessou vários estados do país, entre eles Bahia e São Paulo, até chegar ao Ceará. “E somente aqui ela foi apreendida”, frisa Viana, chamando a atenção para fragilidade dos 16 mil km de fronteiras existentes no país que acabam por se tornar entradas “escancaradas” para o tráfico.
Viana falou ainda sobre o apoio que a Delegacia de Narcóticos (Denarc) tem recebido de outros órgãos, como Ministério Público e o Poder Judiciário, além da própria população. “Não tem como a polícia trabalhar só”, destaca. No que se refere às manifestações favoráveis à legalização do uso da maconha, o delegado diz que apesar do entendimento do Supremo Tribunal Federal ser o de liberdade de expressão, pessoalmente não concorda com a liberação das marchas. “A maconha é uma porta de entrada para uso de outras drogas”, afirma.
FONTE:G1

Nenhum comentário: