sábado, 16 de julho de 2011

Barbalha - CE Seis mortos em acidente envolvendo caminhão e ônibus!

Uma tragédia se abateu sobre o Município de Barbalha, na Região do Cariri (a 503Km de Fortaleza), na noite de ontem. Pelo menos seis pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas - algumas em estado gravíssimo - em consequência de um acidente de trânsito ocorrido na avenida principal daquela cidade. Um caminhão que transportava uma carga de tinta automotiva, supostamente perdeu os freios numa ladeira e colidiu violentamente na traseira de um ônibus que levava cerca de 30 pessoas para uma missa.

Com o impacto da colisão traseira, o ônibus foi ‘empurrado’ e acabou atingindo uma residência e uma padaria, na Avenida Paulo Maurício Sampaio, além de quatro automóveis e uma motocicleta que estavam parados na avenida
Mortes

Na casa atingida pelo ônibus estavam mãe e filho, que morreram na hora. 
Também faleceram no local o motorista e um passageiro do caminhão de placas HUM-6329, inscrição de Iguatu (CE). A lista de mortos aumentou quando dois passageiros do coletivo faleceram na emergência do Hospital Santo Antônio, situado a menos de 100 metros do local do desastre.
Segundo os primeiros levantamentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o resgate no local foi demorado e a falta de efetivo dos Bombeiros tornou-se um obstáculo para um melhor atendimento às vítimas. No hospital, o caos se instalou e levou a direção da unidade de saúde a pedir, através das emissoras de rádio da região, a presença de médicos enfermeiros voluntários, tamanho o número de pessoas feridas e as poucas condições de atendimento daquele hospital.
Até o fechamento desta edição, a Polícia não tinha ainda os nomes dos mortos nem dos feridos. Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte, major Sawki, foram utilizados dois caminhões auto-bomba-tanque, além de um carro de resgate e uma ambulância de socorro.
Somente por volta das 22hs30 horas, foi possível o resgate das duas pessoas que estavam mortas na cabine do caminhão. A princípio, havia a informação de que havia morrido somente o motorista do veículo. Quando os bombeiros conseguiram remover a cabine do veículo, havia outra vítima.

O desastre aconteceu na Ladeira do Caldas, uma área de muito perigo e onde já foram registrados outros acidentes. O motorista do ônibus, José Nilton Quezado, sofreu apenas ferimentos leves. Cinco feridos no Hospital Santo Antônio e outros seis foram transferidos para o Hospital São Vicente. 

A reportagem do miséria permanece no local.
Fonte: miseria.com.br

Nenhum comentário: