domingo, 10 de julho de 2011

Número de apreensões de motos cresce 30% nas férias, afirma Detran


Motos apreendidas lotam pátio do Detran!



Julho e dezembro são os meses do ano em que mais motos são apreendidas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran). Cerca de 30% a mais que em outros meses do ano. A época de férias parece desinibir a prática de infrações, de acordo com o gerente de fiscalização do Detran, Pedro Fortes. 


A apreensão semanal é em média de 300 veículos de duas rodas. Até ontem, 910 motos, 223 motonetas e 557 mobiletes se amontoavam no depósito do Departamento. O principal motivo para a apreensão, segundo Fortes, é a ausência da habilitação, seguida pela falta de licenciamento do veículo.

O vendedor Heliton Costa, 24, parou uma vez na blitz por falta dos documentos. A operação de fiscalização o surpreendeu pelo esquecimento. “Não tinha os documentos e levaram minha moto para o depósito. No outro dia fui pegar. Senti o quanto o transporte faz falta e quanto é importante estar regularizado”.

Em Fortaleza, os bairros com maior número de apreensão são Bom Jardim e Barra do Ceará. O Interior do Ceará representa 70% das ocorrências, com destaque para Itapipoca, Icó, Iguatu, Crateús, Orós e as regiões do Maciço de Baturité, Serra Grande e Acaraú.

Os jovens de 16 a 18 anos aparecem nas estatísticas como a faixa etária com maior índice de casos, 30% do total. Logo depois, figuram pessoas de 20 a 22 homens. Nos dois casos, a maioria é de homens. “Hoje em dia é mais fácil comprar moto, mas muita gente não tira a habilitação”, afirma o fiscal Fortes.

No depósito, as motos ficam esperando regularização do dono para ser liberada. Depois de 90 dias sem qualquer manifestação do condutor, o veículo é encaminhado aos leilões.

Desde janeiro, 1.460 multas por embriaguez foram efetuadas a motociclistas cearenses. Nesse procedimento, a carteira é recolhida e sete pontos são registrados na carteira.

Pedro Fortes explica que, desde o início da lei Seca, a infração por dirigir alcoolizado diminuiu somente 20%. “Hoje, recolhemos a carteira. Depois de três dias, o cidadão vem, pega a carteira e volta a dirigir. A lei permite”.

Nestas férias, 12 blitze diárias estão sendo realizadas em vários pontos de Fortaleza. Três blitze se dividem pelo interior por dia neste julho. Operações de abordagem serão realizadas por 15 equipes pelas praias do litoral cearense.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA
Nas férias aumentam as apreensões de veículos de duas rodas motorizados. Julho e dezembro são os meses campões do ano. As causas principais são falta de habilitação do condutor e e ausência de licenciamento.

SAIBA MAIS

Motocicletas no Ceará
No Ceará, existem cerca de 1 milhão e 300 mil veículos habilitados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Interior
O número de motos chega a 750 mil. Em Fortaleza, são 150 mil e no Interior, 600 mil.

Apreensões
Diariamente, são apreendidas cerca de 60 motos. Nos finais de semana, o número de apreensão sobe para 80 (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo).

Capacete
De acordo com a legislação do trânsito, o condutor regularizado de moto deve circular com a habilitação regularizada, usando capacete, com a moto licenciada e conduzindo somente um passageiro.

Sara Rebeca Aguiar
sararebeca@opovo.com.br

Nenhum comentário: