sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Jardim-CE: Tribunal condena foragido da justiça que matou sua mulher com nove facadas



Em sentença prolatada pela Juíza de Direito, Alexasandra Lacerda Batista Brito, titular da Comarca de Jardim, o agricultor Josiano Borges do Nascimento, de 27 anos, o "Noca", foi condenado a 18 anos de reclusão na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC). Por continuar foragido, ele não sentou no banco dos réus durante a sessão do Tribunal Popular do Júri daquela cidade. Por isso, a sentença nega o direito do mesmo apelar em liberdade e a polícia permanece à sua procura.

No despacho, a juíza destaca que Noca não possui maus antecedentes, mas é viciado em drogas e álcool. O motivo do assassinato foi o desejo de separação externado por Ana Cristina Vieira, que, na época do crime, no dia 14 de março de 2009 no interior da residência do casal, contava com 24 anos de idade. A justiça considerou o homicídio triplamente qualificado e o bojo do processo traz, inclusive, xerox das várias matérias publicadas sobre o crime pelo Site Miséria.

O casal residia no Sítio Lagoa do Alto na zona rural de Jardim. Segundo familiares, Ana Cristina havia recebido ligação telefônica de uma amante do esposo dizendo que estava grávida. Ela terminou contrariando Noca quando foi tomar satisfações e houve brigas, surgindo daí o desejo da separação. Naquele dia, o agricultor teria invadido o quarto onde a mulher estava e, de faca em punho, desferiu nove golpes na presença de uma filha então com 5 anos de idade. 

Vendo a mãe caída e derramando sangue, foi a criança que saiu para avisar a avó. Segundo familiares, ela pedia que chamassem o doutor para salvar a sua "mãezinha". O acusado havia fugido em uma motocicleta pertencente a um irmão de Cristina a qual foi localizada mais tarde no Sitio Lagoa dos Pinheiros em Jardim. No dia 29 de abril, Josiano foi preso, mas ganhou a liberdade no dia 23 de setembro por força de habeas corpus assinado pela própria juíza que presidiu a sessão do Tribunal do Juri no último dia 31 de agosto.



Fonte: Site miseria

Nenhum comentário: