quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Trechos da BR 116 entre Icó e Jaguaribe é o terceiro pior do país


Não é novidade, mas a constatação serve para renovar a indagação. Até quando as rodovias federais vão permanecer esburacadas no Ceará. Na BR 116, o trecho entre as cidades de Icó e Jaguaribe, numa extensão de 75 km, está cada vez pior, repleto de buracos, e foi considerado o terceiro pior, dentre as estradas federais, no Brasil.

A avaliação, divulgada neste mês, foi feita pelo Guia Estradas 2012, da Revista Quatro Rodas. No total, 101 quilômetros de rodovias no Ceará são classificados como de má condição de tráfego.

Há buracos em toda a extensão. O tempo de percurso entre Icó e Jaguaribe praticamente dobrou. Os buracos que se sucedem ao longo do trecho tiram a paciência dos motoristas, exigem cuidados redobrados e o risco de acidentes aumentou. Os veículos trafegam em ziguezague para desviar da buraqueira.

Os motoristas reclamam dos transtornos que enfrentam. “É preciso ter paciência e muito cuidado”, disse o advogado Fabrício Moreira. “Quem viaja pelo trecho observa carros parados, com pneus estourados ou quebrados por causa da buraqueira”. O representante comercial, Márcio Gomes, que trabalha na região, confirmou que muitos veículos ficam danificados.

Na BR 116 há também buraqueira entre a cidade de Icó e o triângulo que dá acesso à cidade de Ipaumirim, em direção Sul do Estado.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que há contrato de manutenção e em breve o serviço de recuperação do trecho danificado será feito.

Blog do Centro Sul

Nenhum comentário: