sábado, 22 de outubro de 2011

Mulheres são presas por deixar ovos com maconha em presídio


Duas mulheres foram presas depois de entregar ovos recheados com maconha a companheiros detidos na Cadeia Pública de Cuité, no Agreste paraibano. O flagrante aconteceu na terça-feira (18), mas o caso só foi divulgado pela Polícia Civil na quinta (20). De acordo com 7ª Delegacia Regional, as mulheres de 26 e 28 anos substituíram a clara e a gema dos ovos pela droga e entregaram a bandeja a dois presos.

Segundo o chefe de disciplina Jurandir Nascimento dos Santos, as mulheres chegaram à cadeia por volta das 18h para entregar ao marido comidas que serviriam para o jantar e saíram rapidamente. Ele e outros dois agentes penitenciários teriam percebido o nervosismo delas e resolveram revistar as celas. Dentro dos ovos, os agentes encontraram porções de maconha.

As duas mulheres foram alcançadas ainda na rua da cadeia, com a ajuda de um policial militar, e autuadas em flagrante na delegacia de Cuité por tráfico de drogas. Elas foram transferidas para o presídio feminino do Complexo do Serrotão, em Campina Grande, onde permanecem detidas. A droga também foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de Campina, onde será periciada
.

G1 PB

Nenhum comentário: