sábado, 8 de outubro de 2011

Salgueiro perde mais uma e série "C" fica cada vez mais próxima!


Falta pouco para a Portuguesa poder comemorar o acesso à Série A de 2012. A vitória por 2 a 1, contra o Salgueiro nesta sexta-feira, na Ilha do Retiro, deixa em situação ainda mais confortável na liderança, com 60 pontos, 11 à frente da Ponte Preta, vice-líder da Série B.

O Salgueiro, vice-lanterna, por sua vez, vê cada vez mais distante a chance de se livrar da zona de rebaixamento. Com 25 pontos, o Carcará está 11 abaixo da primeira equipe fora do Z4 da competição.
A Lusa conseguiu superar um primeiro tempo em que apresentou um futebol irreconhecível e, após abrir o placar com Marcelo Cordeiro, sofreu o empate aos 39 da segunda etapa. Os três pontos só chegaram nos acréscimos, com um belo gol do lateral Raí.
Claramente sentindo falta do meia Marco Antonio, capitão da equipe, a Portuguesa não conseguiu apresentar o mesmo futebol envolvente que a levou à liderança.
Pelo lado do Salgueiro, o técnico Neco se disse decepcionado pelo bom futebol da primeira etapa ter sido freado por um apagão de energia que, no fim do primeiro tempo fez o jogo ficar parado por 30 minutos.
CARACARÁ SURPREENDE
A distância na tabela de classificação da Série B não se refletiu dentro de campo, na primeira etapa. Nos primeiro minutos, a Lusa até esboçou uma pressão sobre a saída de bola do Salgueiro, mas a prtida que se desenhou em seguida foi de uma grande pressão do Carcará sobre os paulistas.
Antes dos dez minutos, o Salgueiro assustou a líder do campeonato. Clébson chegou na linha de fundo e cruzou para Josi, que matou no peito e bateu, mas o travessão salvou a Lusa. Pouco depois, foi Weverton quem operou um milagre para os paulistas, pois Josi saiu cara a cara com o goleiro, que fez linda defesa.
Depois das duas grandes chances, o ímpeto ofensivo do Salgueiro diminuiu, mas mesmo assim a Lusa não conseguiu encaixar o estilo de jogo que a levou à liderança. Sentindo a falta do meia Marco Antonio na armação das jogadas, a equipe não conseguia chegar à meta do adversário.
O APAGÃO
Aos 43 minutos do primeiro tempo, quando o Salgueiro mais pressionava, os refletores da Ilha do Retiro se apagaram. O jogo só recomeçou após quase 30 minutos de paralisação, e o primeiro tempo acabou sem mais nenhum lance importante.
VITÓRIA DE CAMPEÃO?
Logo que o apito iniciou o segundo tempo foi possível identificar o futebol que credenciou a Lusa à liderança da competição. Trocando passes rápidos e com os laterais subindo bastante não demorou para que as chances aparecesse. Aos três minutos, Edno bateu forte e Luciano fez boa defesa.
Apenas dois minutos depois, Edno voltou a ter boa chance. Cara a cara com o goleiro, tentou envobrir, mas a bola não ganhou força o suficiente para passar a linha. Chance perdida se Marcelo Cordeiro não fosse esperto e completasse para o gol vazio, abrindo o placar na Ilha do Retiro.
A partir do gol, a Lusa passou a administrar o jogo. Abusando da troca de passes no setor defensivo, a Lusa só não contava que aos 39 minutos, Alexandre, de cabeça, após escanteio, empataria o jogo.
Vitória de campeão! No fim, aos 44, Raí conseguiu o segundo gol da Lusa e levou a líder aos 60 pontos.


FONTE: LANCENET

Nenhum comentário: