sábado, 5 de novembro de 2011

No Tapetão Barbalha se garante na segundona de 2012.

O torcedor, da raposa agora pode vibrar, pois o Barbalha Futebol Clube, esta na segundona do ano de 2012, agora é trabalhar para 2012.

O Barbalha está confirmado na segundona de 2012. O resultado no pleno do TJDF, Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará, foi favorável a raposa mantendo a punição ao Paracuru com a perda de 10 pontos. Desta forma o Barbalha é vice-campeão da terceirona de 2011. Caso os pontos do Paracuru tivessem sido validados pelo tribunal o Barbalha ficaria na 3ª colocação e sem a vaga.
Coincidentemente, o Barbalha retorna para a 2ª divisão do estadual da mesma forma que caiu em 2008, pelo tapetão. Naquela ocasião, a raposa colocou o lateral-esquerdo Jony para jogar com três cartões amarelos devido a um erro na contagem. Esse fato ocasionou a perda de pontos da raposa e o rebaixamento. No ano anterior o Barbalha havia sido campeão da terceiorna com uma campanha invejável. O time caririense se classificou para a 2ª divisão com três rodadas de antecedência e conquistou o título faltando uma rodada para o término da competição. Para completar o Barbalha ainda teve o artilheiro isolado da terceirona, Cristóvão com 12 gols marcados. Desta vez, a raposa é beneficiada com a perda de 10 pontos do Paracuru para retornar a 2ª divisão do cearense.
Para 2012 espera-se que o Barbalha não passe por alguns problemas ocorridos nos últimos dois anos. A equipe sofreu com salários atrasados e não pode receber a torcida em sua casa, o Estádio Lírio Callou, O Inaldão. Em 2009 a raposa jogou toda a competição de portões fechados e este ano teve que contar com a colaboração da Prefeitura de Juazeiro do Norte para ter a liberação do Estádio Romeirão. Caso contrário o Barbalha teria que atuar fora do cariri ou ficar fora da competição. Foi iniciada uma reforma no Inaldão, mas as obras estão atrasadas. A expectativa é que ainda neste mês de novembro o estádio seja liberado.
O presidente da raposa, Adriano Queiroz, ameaçou entregar o cargo após a terceirona, devido as dificuldades para conseguir apoios. Todavia, com a classificação do time para a segundona acredita-se que o mandatário tricolor permaneça na equipe.

Por: Toni Sousa do Site: cariri.com.br

Nenhum comentário: