segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Penaforte está entre as 19 cidades homenageada pela Assembléia Legislativa do Ceará, na oitava edição da Jornada Municipalista




A Assembleia Legislativa realizou, na manhã desta segunda-feira (28/11), a oitava edição da Jornada Municipalista, evento destinado a homenagear as cidades cearenses cuja emancipação política ocorreu em outubro. Compõem a lista os municípios de Aracati, Araripe, Cascavel, Caucaia, Cedro, Crato, Icó, Ipaporanga, Ipueiras, Itaiçaba, Jucás, Novo Horiente, Pacatuba, Penaforte, Quixadá, Solonópole, Tamboril, Tarrafas e Várzea Alegre.

“O evento é não só uma oportunidade de reconhecer os homens e mulheres que construíram as cidades, mas, sobretudo, uma aproximação física entre as causas do municipalismo e Legislativo”, explicou o presidente da Assembleia, deputado Roberto Cláudio (PSB). Desde o primeiro semestre, 126 localidades comemoraram aniversário no plenário da AL.

Titular da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins, citou as metas do Plano de Desenvolvimento Rural e Sustentável da Secretaria: trabalhar a convivência com o semiárido, capacitar lideranças de associações na gestão das atividades da agricultura familiar e implementar um projeto de desenvolvimento rural sustentável na zona rural. “Para conseguir fazer isso, tem que trabalhar com irrigação e agricultura familiar. Será nosso foco nos próximos quatro anos”, revelou.

Nelson Martins disse que o Governo trabalha com três eixos de atuação: linhas de crédito, disponibilização de novas tecnologias e escoamento da produção.Ele anunciou a criação de 63 novos escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), a distribuição de 8 mil kits de irrigação e a possibilidade de o Estado executar 1.500 projetos de abastecimento d'água ou infraestrutura hídrica. Cada um no valor médio de R$ 120 mil, atendendo a até 40 famílias.

O titular da Secretaria Estadual dos Recursos Hídricos (SRH), César Pinheiro, informou sobre a criação de mais dois Comitês de Bacias, elevando para 12 o número desses equipamentos no Ceará. “Somos os únicos que, se chegar água amanhã, temos como distribuí-la”, pontuou.

Pinheiro disse que a SRH está construindo barragens em diversos municípios. Como exemplo, citou Ipueiras, Antonina do Norte, Itapajé, Baixio, Madalena e Miraíma. “Para cada barragem, fazemos uma adutora”, frisou, quantificando em 138 o total de barragens do Estado e em 18 bilhões de metros cúbicos a capacidade de armazenamento do Ceará.

Ele assegurou a construção de açudes na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e Interior. Isso daria garantias de abastecimento à RMF e Porto do Pecém. “Até 2014, queremos realizar o que foi feito com a energia: a totalidade das casas com fornecimento”, pontuou.

Os municípios homenageados receberam placas comemorativas. Participaram da solenidade o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Alexandre Figueiredo, o presidente da União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), Deuzinho Filho, o representante da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), José Jeová Souto Mota, e os deputados Sineval Roque (PSB), Danniel Oliveira (PMDB), Teo Menezes (PSDB), Bethrose (PRP), Neto Nunes (PMDB) e Fernanda Pessoa (PR).
BC/CG

Nenhum comentário: