quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Romaria termina hoje com missa em intenção de padre Cícero


No dia em que os católicos rendem homenagens a amigos e parentes falecidos, milhares de romeiros deixaram suas terras para rezar a um padrinho por quem dedicam afeição especial. Juazeiro do Norte se enche de peregrinos para a missa em intenção do padre Cícero, celebrada hoje na Capela do Socorro, a partir das 6 horas. A missa encerra a Romaria de Finados, conhecida como Romaria da Esperança, iniciada no último sábado.

Na tarde de ontem, os romeiros já lotavam a Basílica de Nossa Senhora das Dores e a Capela do Socorro em orações, oferecimentos de missas e confissões. A maioria chega em ônibus de excursão, embora seja frequente a presença de caminhonetes e caminhões paus-de-arara.

Na missa das 16 horas na basílica, quando o celebrante pede que os romeiros de cada estado levantem as mãos, a maioria responde ao chamado por Pernambuco e Alagoas.

Devotos como o agricultor Faustino da Silva, completos 77 anos e 66 viagens a Juazeiro. Natural de Garanhuns (PE), ele atribui ao padre Cícero a valia contra o ataque de bandidos. “Foi uma graça grande. Eles iam me matar. Fui protegido pelo meu “padim”, que foi me dizendo as palavras para eles não me matarem”, silencia, enxuga o rosto e contempla a imagem da “Mãe das Dores”.

A conversa com os romeiros termina ou em agradecimentos vertidos em choro ou em mãos erguidas aos céus. São gratidões aos pedidos respondidos, alegrias em tumulto e bênçãos que se espalham a quem estiver por perto. “Peço forças. Só deixo de vir quando morrer”, atesta Socorro de Carvalho, 61.
 
Celebrações de hoje

A Prefeitura de Juazeiro do Norte estima que 400 mil visitantes passem pela cidade em cinco dias de romaria. Pelo publico que reúne, a Romaria de Finados é considerada a maior de Juazeiro. As celebrações de hoje começam às 5 horas com o “ofício das almas”, na Praça do Romeiro, em frente à basílica. Na Capela do Socorro, depois da missa em intenção do padre Cícero, ocorre a bênção de flores e velas, que serão levados aos túmulos. Entre às 11 horas e o meio-dia, ocorre adoração ao Santíssimo Sacramento, seguida do “ofício das almas” (oração aos falecidos).

Por quê

ENTENDA A NOTÍCIA

Alguns chegaram desde sexta-feira, outros vieram ontem. Todos esperam pela missa campal de hoje, na Capela do Socorro, onde padre Cícero está enterrado. Na Romaria, Juazeiro se enche de bênçãos e pedidos dos romeiros.

As cidadãs

Maria José da Silva, 53, e Maria José da Conceição,65
Em Juazeiro pela primeira vez 
As vizinhas vieram de Água Preta, em Pernambuco, conhecer Juazeiro do Norte pela primeira vez nesta Romaria de Finados. Devota de padre Cícero, Conceição diz que antes não tinha condições de vir. "Pedi a ele a aposentadoria. Disse que só vinha fazer a visita a ele quando tivesse com o dinheiro", lembra Conceição, que viajou doze horas de ônibus para acompanhar a missa de hoje.


Thiago Mendes
thiagomendes@opovo.com.br

Nenhum comentário: