terça-feira, 15 de novembro de 2011

''Tudo leva a crer que Fortaleza será sede da Copa América de 2015'', afirma Ferruccio Feitosa

Portal Esportes O POVO 
 
Após ser agraciada como sede da Copa das Confederações de 2013 e palco de até dois jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014, Fortaleza deve conseguir uma nova vitória no futebol. De acordo com o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, “tudo leva a crer” que a cidade também será sede da Copa América de 2015.

“Como a gente está sendo sede da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, acredito que esse evento, até menor que os dois que a gente vai sediar, e para o porte de estádio que a gente tem, venha para Fortaleza”, explicou Ferruccio em entrevista ao Portal Esportes O POVO nesta segunda-feira (14).

O secretário especial confirmou ainda que já manifestou junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) interesse em receber a competição. No entanto, ainda não sabe quando a CBF dará uma resposta. Até agora, Belém e Goiânia foram confirmadas como sede da competição.

Em fevereiro deste ano, durante o Seminário Geral das Cidades-Sede da Copa de 2014, o Brasil foi anunciado como sede da Copa América de 2015 pelo coordenador de operações do comitê organizador da Copa, Ricardo Trade.

A Copa América é organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O Brasil venceu a competição duas vezes - em 2004, no Peru, e em 2007, na Venezuela. Em 2015, será disputada a quadragésima quarta edição.

Castelão

De acordo com o último relatório, elaborado no dia 31 de outubro, o projeto de reforma e modernização do Castelão já alcança 46,55% de execução. A previsão inicial era concluir o estádio em dezembro de 2012, mas, segundo o secretário Ferruccio Feitosa, o ritmo acelerado da obra deve antecipar a conclusão para novembro.

O estádio é o mais avançado entre os que vão receber jogos da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo de 2014. Quando concluído, o Castelão será o maior estádio do Norte/Nordeste e um dos quatro maiores do País. 
Fonte: O povo on line

Nenhum comentário: