domingo, 18 de dezembro de 2011

Corpo de assessor contábil é encontrado na BR-101, em Paulista

Foi encontrado na manhã deste domingo (18) o corpo do assessor contábil Ewerton Bezerra, 29 anos. A confirmação foi dada pelo delegado Cláudio Castro, titular do Grupo de Operações Especiais (GOE) em Pernambuco. O corpo estava dentro do carro da vítima, um Fox preto de placas PFE-5850, em um barranco na BR-101, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. “Foi um amigo dele quem localizou, procurando às margens da BR-101, estava em um barranco trinta metros abaixo da rodovia”, afirma o delegado.
 
Delegado Cláudio Castro, do GOE (Foto: Reprodução/TV Globo)Delegado Cláudio Castro, do GOE
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Segundo Cláudio Castro, quando a polícia chegou ao local, os amigos e a família de Ewerton já estavam lá. Haviam se organizado para fazer buscas. "Pensei em fazer trilha, mas depois decidi fazer o mesmo caminho que ele faz quando larga do trabalho. Vim parando nos lugares onde tinha mato alto, ribanceira", conta Eronildes Nunes, o amigo que encontrou o corpo. "Ele era uma pessoa muito alegre, excelente profissional, excelente amigo. A gente trabalhava junto há seis anos", diz ele.
Ewerton era funcionário de uma construtora com sede no Recife e estava desaparecido desde a madrugada de sexta-feira (16), quando houve uma confraternização da empresa. Amigos e parentes vinham postando, desde então, mensagens nas redes sociais com a foto do rapaz, solicitando ajuda para encontrá-lo. "Foi feito um registro na Delegacia de Roubos e Furtos e alguns contantos com familiares até a noite do sábado, quando ele ainda estava desaparecido", relata Cláudio Castro.
Eronildes e Daivson, amigos de Ewerton (Foto: Reprodução/TV Globo)Eronildes e Daivson, amigos de Ewerton Bezerra
(Foto: Reprodução/TV Globo)
"Depois do amigo-secreto algumas pessoas saíram e a gente continuou porque à meia-noite seria meu aniversário. Às 2h17 ele me deixou em casa e disse que ia pra casa. A gente não teve mais notícia dele. No meu prédio tem câmera de segurança, tem imagem lá. Ele tinha bebido bastante, mas estava dirigindo normal", conta Daivson Nunes, amigo de Ewerton.

O perito Vinícius Nogueira, do Instituto de Criminalística, disse que, pela forma como a vegetação foi danificada, é possível concluir que o carro caiu da ribanceira em alta velocidade. "Então a gente descarta a hipótese de ele ter sido empurrado em ponto morto", afirma.
“É prematuro dizer se foi acidente. Pelas circunstâncias, a principal hipótese é que seja essa. É importante, para evitar qualquer questionamento judicial no futuro, que a perícia seja feita ainda no local onde o corpo se encontra", afirma o delegado. O corpo foi retirado no início da tarde deste domingo e levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife.

Fonte: g1pe

Nenhum comentário: