quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Estudar em cima da hora pode potencializar o aprendizado

Cientistas afirmam que hormônios produzidos em situação de estresse ajudam a guardar a informação de forma eficiente. Em excesso, porém, efeito é inverso

Estudar em cima da hora, antes de uma prova, pode ser a melhor forma de aprender. É o que indica uma nova pesquisa publicada no periódico Experimental Neurology. Segundo seus autores, hormônios produzidos em situação de estresse provocam mudanças dentro das células do cérebro que ajudam a guardar a informação de forma mais eficiente. Em excesso, porém, o estresse pode ter o efeito inverso.
Neurocientistas da Universidade de Bristol, na Inglaterra, concluíram que hormônios como o cortisol e a adrenalina parecem acelerar um mecanismo que reprograma o DNA do cérebro, de modo a favorecer o processo de aprendizado. Hans Reul, neurocientista responsável pela pesquisa, acredita que a reprogramação das células cerebrais em resposta ao estresse faz com que os neurônios fiquem maiores e aumentem as redes de comunicação entre si.
"É comum perceber que as lembranças de momentos de estresse são aquelas que permanecem conosco para o resto da vida", disse Reul, em entrevista ao jornal inglês Daily Telegraph.
No entanto,  estresse demais pode ter o efeito contrário, alertou Reul. "Quando estamos estressados demais não é possível absorver informações novas", disse. "O cérebro começa a substituir informações e a formação da memória não é suficiente."

Fonte: Veja 

Nenhum comentário: