quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Operação desarticula quadrilha que fraudava INSS em Salgueiro (PE)

Quatro pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (13) em uma operação para desarticular uma quadrilha que fraudava benefícios da previdência social no município de Salgueiro, no Sertão pernambucano. Segundo a Polícia Federal, a quadrilha gerou um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões aos cofres públicos nos últimos dois anos. Das pessoas presas, uma trabalhava no INSS e as outras três eram intermediárias no processo fraudulento.

A operação foi realizada pela Força-Tarefa Previdenciária, composta pelo Ministério da Previdência Social, pelo Departamento de Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. Além dos quatro mandados de prisão preventiva, a 'Operação Depuração' cumpriu dezesseis mandados de busca e apreensão e 56 conduções coercitivas – convocação para prestar depoimentos – nos municípios de Salgueiro, Belém de São Francisco, Verdejante, Parnamirim e Serra Talhada, todos no Sertão.

Segundo a Polícia Federal, a quadrilha atuava na agência de Previdência Social de Salgueiro, falsificando documentos ou produzindo outros com informações falsas. De posse desse material, os dados eram inseridos no sistema de benefícios, principalmente nos de natureza rural e de salários maternidade. "Estamos fazendo as investigações desde 2009. Agora, é dar continuidade à operação. As 56 pessoas convocadas para prestar depoimento já foram ouvidas", afirmou o delegado chefe da Polícia Federal de Salgueiro, Cristiano de Oliveira.

Ainda segundo Oliveira, dez pessoas já foram identificadas como membros da organização, sendo três funcionárias do INSS em Salgueiro. Outras duas se diziam advogadas, porém, apesar de possuírem escritório, apenas uma era formada em Direito.



Fonte: g1pe

Nenhum comentário: