sábado, 7 de janeiro de 2012

Desarticulada quadrilha que explodia caixas de bancos no Ceará

Uma quadrilha formada por, pelo menos, oito pessoas, acusada de praticar assaltos a bancos, foi desarticulada, ontem, no Ceará. A operação começou em Fortaleza e se estendeu, depois, pelos Municípios de Boa Viagem e Tauá, no Interior cearense.

Em Fortaleza, a Polícia capturou quatro homens e apreendeu uma adolescente. A ação começou na Rua Maria Gomes de Sá, 1179, no Mondubim, os agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) encontraram quatro quilos de anfo e dois de emulsão. O material é usado na preparação de explosivos, geralmente usados pelos criminosos para arrombar caixas eletrônicos.

Além desse material, os policiais apreenderam 11 iniciadores (espoletas). Antônio Marcelo Gladson dos Santos, 22; Fernando de Oliveira, 29, e Francisco Alisson Santos receberam voz de prisão. A companheira desse último, que tem 16 anos, foi apreendida, pois as investigações mostraram que ela fazia parte do grupo.

Explosivos
Na Travessa São João Batista, também no Mondubim, os policiais prenderam Sérgio Martins, dos Santos, 37, mais conhecido por ´Carioca´, que tem antecedentes criminais por assalto a bancos. O material usado no preparo dos explosivos foi encontrado em um quarto da casa que fica na Rua Maria Gomes de Sá.

Ao constatarem que se tratava de produto perigoso, os agentes da Coin pediram reforço das Rondas Ostensivas com Cães (Roca) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). As informações sobre os nomes dos acusados demorou devido à suspeita de que fossem falsos. Quando foi alugar a casa, Marcelo Gladson Santos disse ao proprietário do imóvel que era gesseiro. O dono da casa contou à Polícia que não desconfiou de nada, pois os documentos, aparentemente, estavam em ordem.

Interior
A operação se estendeu pelo Interior cearense e, ainda na tarde de ontem, mais dois acusados de integrar a quadrilha de ladrões de bancos foram presos na cidade Boa Viagem numa operação da Coin com o Batalhão de Choque. Com os acusados foram apreendias duas escopetas, coletes à prova de balas e munição. Já em Tauá, a Polícia deteve outra parte da quadrilha.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário: