quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Presa quadrilha acusada de tráfico de drogas e assaltos na BR-116 a partir de Ipaumirim-CE

A Polícia Militar prendeu dois casais que vinham praticando crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha e assaltos na BR-116 entre as regiões do Cariri e Jaguaribana. Com o quarteto foram recolhidas quatro armas de fogo, 200 pedras de crack, 26 trouxas de cocaína, 29 cartuchos calibre 38 intactos e três deflagrados e maus um calibre 28 deflagrado. A operação foi desencadeada por volta das 16h30 desta quarta-feira pelo Serviço Reservado.

Foram presos Manoel Bonfim Pereira da Silva, de 22, e sua amante Maria Erivânia da Costa Moisés, de 24, além de Antonio Filho da Silva, de 21, e sua companheira Valdenia Pereira de Melo, de 30 anos. O primeiro casal mora na Rua Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, 150 e o outro na Rua Santa Isabel, 65 ambos no Bairro Populares em Icó. Os policiais chegaram até eles através de informações passadas por populares nas diligências no Sitio Cruzeta em Umari, Distrito de Ouro Branco em Lavras da Mangabeira e Distrito de Três Bodegas na zona rural de Icó.

O desfecho da operação foi no bairro Populares em Icó. Quando Erivania e Manoel viram a chegada do comboio policial na rua tentaram fugir, mas foram perseguidos e presos. Com ele, os militares encontraram um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos, outro revólver de numeração raspada com mais seis cartuchos intactos, além de uma espingarda artesanal do tipo soca-soca municiada e junto dela um tubo de pólvora e outro de espoletas.
Os PMs apreenderam ainda na casa de Manoel 11 cartuchos calibre 38 intactos e três deflagrados, um cartucho de espingarda calibre 28 deflagrado, 200 pedras de crack, 26 trouxas de cocaína, 14 pinos vazios para embalagem de cocaína e mais R$ 2,7 mil em dinheiro. Erivania foi igualmente levada para a delegacia sob acusação de associação ao trafico de drogas e fazer parte de assaltos na BR-116. O mesmo ocorreu com Valdenia, enquanto o seu companheiro Antonio estava com um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos.


Segundo o Major Sobreira que comandou a operação, foram apreendidas ainda 10 carteiras de Trabalho com o nome de Francieldo Chaves Pereira, irmão de Manoel e apontado como o líder da quadrilha. Ele não estava, mas, em sua residência foram encontrados dois celulares e quatro fardas completas de construtoras as quais eram usadas nos assaltos, bem como quatro documentos diversos de motos. Também atuaram na operação o os Soldados Jackson, Leandro, Azevedo, Gilcleiton, além da FTA com os Soldados Alberto, Montinei e Edelberto este último do Destacamento de Ipaumirim, bem como os PMs de Icó Capitão Fábio Ericke, Sargentos José Erivelton e James e os Soldados Candido de Lima. A autuação foi feita pelo Delegado de Icó, Adriano Félix.

Fonte: Miséria.com.br

Nenhum comentário: