sábado, 25 de fevereiro de 2012

CARIRI: Cruz Peregrina chega a Juazeiro

Juazeiro do Norte. Uma multidão de jovens fieis se emociona com a chegada da Cruz Peregrina e do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Santuário do Sagrado Coração de Jesus, na manhã de ontem, em Juazeiro. Depois de percorrer várias partes do mundo, tocados por milhões de fieis católicos, os símbolos permanecem no Cariri até hoje, seguindo para a Diocese de Iguatu.

Desde o último dia 23 que os símbolos se encontram na região, passando por diversas igrejas e santuários, cumprindo a programação que vem mobilizando os jovens da região para participarem da Jornada Mundial da Juventude, que acontece em julho do próximo ano, no Rio de Janeiro. Deverão participar cerca de mil jovens do Cariri na jornada, que reunirá mais de 500 mil pessoas de vários países do mundo.

A Cruz Peregrina esteve nas dioceses de Sobral e Limoeiro, no Ceará. Cerca de 4 mil jovens foram mobilizados em Jaguaribe, e a meta é que essa mesma quantidade esteja participando da programação no Cariri.

A chegada do símbolo no Cariri, junto com o ícone de Nossa Senhora, que vem percorrendo as cidades cearenses, aconteceu pelo Município do Barro, na manhã de quinta-feira, por volta das 11 horas, vindo por Lavras da Mangabeira. O tema da Jornada no Brasil é "Vá e faça discípulos de todas as nações".

Mobilização
   
A Cruz Peregrina, que já percorreu países como a Itália, Estados Unidos e Espanha, chegando ao Brasil ano passado, já mobilizou milhares de jovens, na preparação para a Jornada Mundial da Juventude, que acontece em julho de 2013, no Rio de Janeiro. No Cariri, a mobilização tem aumentado a cada dia, segundo o coordenador da Juventude Missionária da Diocese do Crato, Lucinildo Lima.

Clique para Ampliar 
Ele diz que há vários dias tem ocorrido mobilizações no sentido da receber a Cruz da Jornada Mundial da Juventude. A chegada em Juazeiro não esteve no horário previsto, por volta das 8 horas. Mas, a partir das 10 horas de ontem, uma carreata com os símbolos à frente, num carro do Corpo de Bombeiros, percorreu as principiais ruas do Centro da cidade. Ao som de um trio elétrico, a população tomava conhecimento da Cruz.

Carreata
A carreata foi iniciada no Hospital Santo Inácio, na entrada de Juazeiro do Norte, onde centenas de pessoas já esperavam desde cedo o início da programação na cidade, para conduzir a Cruz e o ícone, até o Santuário, no bairro Salesiano. Os símbolos seguiram para o Santuário de São Francisco das Chagas, às 13 horas, após o momento catequético e uma pequena pausa para descanso. Nos franciscanos foi realizado um momento de adoração à Cruz.

A missa do encontro com a toda a Forania 2 foi na Basílica de Nossa Senhora das Dores, às 14 horas, celebrada pelo bispo dom Fernando Panico, após uma passeata na tarde de ontem, pelas ruas principais da cidade. No Crato, a Cruz permanecerá durante o dia de hoje, com acolhida na Igreja Nossa Senhora Aparecida, a partir das 9h30.

Cresce o fervor dos jovens
Para a coordenação do evento, há um crescimento da participação da juventude nos movimentos pastorais, e esse fortalecimento leva junto às famílias. Segundo Lucinildo Lima, a vinda da Cruz para o Cariri é uma forma de mobilizar e reanimar os grupos. "Sem ele não estávamos nesse movimento de preparação para a Jornada Mundial", diz ele.

O trabalho no Cariri tem sido realizado de forma integrada, envolvendo a Pastoral da Juventude (PJ), Pastoral da Juventude Rural (PJR), Encontro de Jovens com Cristo (EJC) e Juventude Missionária. Todos esses grupos estarão unidos no trabalho, cumprindo momento importante da programação da Jornada.

De acordo com Lucinildo, o símbolo, que já foi tocado por jovens de várias partes do mundo, será um instrumento de fortalecimento da fé católica, animando a todos para que trabalhem mais pela Igreja, unindo as pessoas pela evangelização do mundo. E os jovens do Cariri, que pela primeira vez no ano passado participaram da Jornada Mundial, em Madri, com 22 pessoas este ano, pretendem ser em número de mil no Rio Janeiro. Um trabalho vem sendo realizado por meio da Coordenação da Juventude Missionária, com a finalidade de facilitar a ida do maior número possível de representantes de todas as foranias. Um pacote de viagem está sendo a alternativa, com preços facilitados. Até o próximo ano os jovens pagam parcelas para marcar presença na Jornada.

Lucinildo esteve pela primeira vez ano passado, junto com a comitiva de jovens do Cariri. Para ele, uma experiência importante de fortalecimento do trabalho da juventude, além de possibilitar um contato com jovens de todo o mundo. Durante a catequese, o padre Fábio de Farias Leite, encarregado da formação salesiana no Nordeste, destacou a importância dos símbolos e explicou para os fiéis a representação de cada um deles. Ele destacou que uma das formas culturais de ver a cruz está ligada ao sofrimento e a tristeza, mas que acima de tudo representa a vida. "É a cruz de um Deus que nos ama", afirma.




Fonte: DN
ELIZÂNGELA SANTOSREPÓRTER

Nenhum comentário: