quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Catarina - CE: Comoção no enterro do policial militar morto no assalto ao Banco do Brasil


Foi sepultado na tarde desta terça-feira (28), o corpo do policial militar assassinado por bandidos, durante um assalto ao Banco do Brasil na cidade de Catarina, na manhã de ontem.
 
Do velório até o cemitério, o corpo do policial, Francisco Alves Neto, foi levado em um cortejo com honras militares, e seguiu pela Avenida Perimetral. O caixão foi transportado por uma viatura do Corpo de Bombeiros até o cemitério Parque da Saudade, no bairro Veneza, em Iguatu. No enterro, lamentos e muita comoção. 
 
O policial militar, que tinha 32 anos de idade e 11 anos na Corporação, morreu vítima de um disparo de arma de grosso calibre. O PM, que no momento do assalto estava rendido na delegacia de Catarina juntamente com mais dois companheiros, foi atingido com um disparo nas costas e morreu a caminho do hospital.
 
 
Coronel Gomes Filho - comandante do CPI
 
Para a Corporação, resta a indignação: "A forma como aconteceu com o nosso policial militar é que nos revolta muito, pois ele foi covardemente assassinado, atingido pelas costas, quando já estava deitado ao solo, executado efetivamente. Isso faz com que nós policiais militares nos empenhemos cada vez mais. 
 
Se o bandido está tratando a polícia assim, como é que ele vai tratar a sociedade. Então, vivo ou morto, onde ele estiver nós iremos buscar", disse o coronel Gomes Filho, comandante do Policiamento do Interior (CPI).
 
Além do comandante Gomes Filho, estiveram presentes no velório do PM o comandante Geral da Polícia Militar,  o coronel Werileik Pontes, além do delegado geral de Polícia Civil do Ceará, Luiz Carlos Dantas. 
 
Redação
Luiz F. de Vasconcelos

Blog Nem Ki Lask

Nenhum comentário: