quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Salgueiro garante liderança com vitória sobre o Sport por 2 a 0

A sequência de vitórias do Sport foi interrompida nesta quarta-feira, no Sertão. Depois de desbancar o Náutico da liderança do Campeonato Pernambucano no último domingo, o Leão não conseguiu repetir o mesmo feito com o líder Salgueiro. Nesta quarta-feira, no estádio Cornélio de Barros, o Rubro-negro perdeu por 2 a 0 e deu adeus á invencibilidade na competição. O Carcará, por sua vez, assegurou a liderança do torneio.

Os gols da partida foram marcados por Fabrício Ceará no segundo tempo (9 e 33 minutos). Com a derrota, o Sport segue com 11 pontos e caiu para a terceira colocação, ficando atrás do Náutico e do próprio Salgueiro. O Carcará foi a 15 pontos (mesmo número de pontos do Timbu) e mostra força no início do Pernambucano – ao contrário da campanha realizada na Série B 2011, quando terminou na vice-lanterna e foi um “saco de pancadas”.
 Na sétima rodada, o Leão enfrentará o Serra Talhada no Pereirão às 16h do próximo domingo. O Salgueiro vai enfrentar o Belo Jardim no mesmo dia e horário no estádio Mendonção.

Ataque sem objetividade


O Sport entrou em campo com uma formação diferente das últimas partidas. O técnico Mazola Júnior apostou no esquema 4-4-2 e colocou Marquinhos, que vinha atuando na lateral, no ataque no lugar de Jheimy para fazer dupla com Roberson.

Com o esquema modificado, o Sport foi pouco produtivo no ataque, assim como os donos da casa. O Salgueiro chegou com perigo inicialmente aos seis minutos do segundo tempo. Fabrício Ceará subiu mais alto que Magrão e cabeceou por cima do gol.

A resposta do Sport veio logo depois com Willian Rocha, que cabeceou a bola por cima da barra do Salgueiro. O Leão ainda chegou com perigo com Marcelinho Paraíba, em cobranças de falta, mas a deficiência ofensiva do Rubro-negro era latente. Por sua vez, o Carcará também não soube bem o que fazer com a bola quando conseguia chegar ao ataque.

Aos 34 minutos, a torcida do Salgueiro, que compareceu em excelente número ao estádio Cornélio de Barros, gritou gol quando Tamandaré balançou as redes. No entanto, o árbitro marcou impedimento. Três minutos depois foi a vez de Cleber mandar a bola de cabeça para a defesa de Magrão.

A falta de qualidade do ataque do Sport foi ampliada com a saída de Willian Rocha, machucado, para a entrada de Diogo. Apesar de não ser um home de frente, o "cabeludo" estava indo bem em campo. Graças à ineficiência dos chutes do Leão e do Carcará, o primeiro tempo terminou 0 a 0.

Fabrício Ceará: o nome do jogo pelo Salgueiro

Para o segundo tempo, o técnico Mazola Júnior promoveu a entrada de Jheimy. E o atacante do Leão deu seu cartão de visitas logo no início da etapa complementar ao receber um cruzamento do meia Marcelinho Paraíba e mandar a bola de cabeça por cima do gol do Salgueiro.

Aos três minutos, foi a vez do Salgueiro chegar com perigo com Fabrício Ceará, que perdeu um gol feito de frente para a barra. Seis minutos depois, no entanto, o jogador do Carcará conseguiu marcar. Elvis cobrou escanteio, Fabrício Ceará se antecipou à zaga e tocou de cabeça para abrir o placar.
Salgueiro x Sport - Marcelinho Paraíba (Foto: Reprodução/TV Globo) 
Marcelinho PB não conseguiu marcar gols e saiu
sem sorrir do jogo (Foto: Reprodução/TV Globo)
Logo depois do gol, Mazola colocou Willians na vaga de Moacir para tentar dar mais movimentação ao Sport. Mas foi o Salgueiro, aos 13 minutos, que quase amplia o placar. Marcos Tamandaré avançou pela esquerda na pequena área e tocou. Magrão deu rebote nos pés de Fabrício Ceará, que chutou duas vezes em cima do goleiro
Aos 26 minutos Marcelinho Paraíba cobrou falta forte, no canto esquerdo de Luciano, que fez excelente defesa. Dois minutos depois, Marcelinho Paraíba, sempre ele, tocou para Willians que acabou chutando por cima do gol do Salgueiro.

A partir de então, o Sport passou a chegar com mais perigo à zaga do Salgueiro. Thiaguinho ficou cara a cara com Luciano e mandou uma bomba, mas a bola explodiu no peito do goleiro, que defendeu o chute. Porém, de nada adiantaram as tentativas do Leão. Foi o Carcará que marcou mais uma vez com Fabrício Ceará.

O Sport tentou não se abater com o segundo gol do Salgueiro e seguiu atacando, em chutes principalmente com Marcelinho Paraíba. No entanto, apesar das tentativas, o máximo que o Leão conseguiu foi mostrar força de vontade e um pouco de raça, porém sem técnica e objetivadade. Melhor para o Carcará que assegurou a liderança do Pernambucano 2012 ao fim da sexta rodada.

Fonte: G1 PE

Nenhum comentário: