sábado, 17 de março de 2012

Depois de apanhar do filho: Pai denuncia e a polícia encontra 399 pés de maconha na Bahia


Uma plantação de maconha foi descoberta pela polícia na madrugada desta sexta-feira (16), na zona rural de Jaguaquara, região sudoeste da Bahia. De acordo com informações da polícia, no local foram encontrados 399 pés de maconha.
Segundo a polícia, o suspeito havia agredido o pai no mês de fevereiro deste ano e a vítima foi até a delegacia para registar a queixa. Com medo de ser preso, o suspeito fugiu do local. Passado algum tempo, o agressor retornou para a fazenda, que pertence à família, e o pai novamente acionou a polícia e, desta vez, afirmou que o filho mantinha uma plantação de maconha no local.
“Ele batia no pai porque ele não queria que ele plantasse maconha. Na primeira vez que o pai registrou a queixa aqui [em fevereiro] parecia um Frankenstein. É um monstro”, comentou o agente que participou da prisão do suspeito.
A polícia foi até a fazenda da vítima na madrugada desta sexta-feira e ao chegar no local encontrou o suspeito e a mulher dele, que está grávida de oito meses. No momento da ação, o homem estava com 37 pacotes de sementes e um quilo de maconha que já estava pronta para o consumo, informou a polícia. Após ser pressionado pelos policias, o suspeito confessou que mantinha uma plantação de maconha na terra de um tio que mora em São Paulo. No local, estavam plantados 399 pés de maconha que foram apreendidos.
O suspeito foi preso em flagrante e afirmou em depoimento que a maconha estava sendo cultivada para consumo próprio e que é viciado em maconha desde os 11 anos. Ele foi preso em flagrante e está detido na delegacia de Jaguaquara. A mulher do suspeito confessou que sabia da existência da plantação e pedia que o marido destruísse o cultivo, mas ele se recusava. Segundo a polícia, ela foi ouvida e liberada. O suspeito foi preso em flagrante por crime de cultivo de substância entorpecente.

G1 BA


Nenhum comentário: