sexta-feira, 16 de março de 2012

Motoristas de empresa de ônibus realizam protesto




Funcionários da Expresso Guanabara realizaram na manhã desta quinta-feira (15) uma manifestação usando os ônibus da própria empresa para impedir que houvesse saída dos veículos da garagem.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal e Interestadual do Estado do Ceará (Sinteti), Carlos Jefferson Martins, a mobilização foi um alerta à diretoria da empresa, que segundo ele, não vem cumprindo com os direitos dos motoristas.
A falta de negociações com a empresa, que se estende desde o começo deste mês, foi o motivo da paralisação, conforme Carlos Jefferson informou ao Jangadeiro Online. ”Nós já tentamos fazer várias reuniões com o objetivo de solucionar o problema, como não fomos atendidos, resolvemos radicalizar”, diz.
Após o protesto, houve uma reunião entre o Sinteti e a direção da Expresso Guanabara, que assinou um documento se compromentendo a cumprir as exigências dos funcionários. As atividades voltaram, porém,  mesmo com o acordo firmado, o presidente do sindicato alerta: “Foi prometido que tudo seja pago na próxima folha, caso não haja o cumprimento, a categoria vai paralisar às atividades”.
Ainda segundo o presidente, a Expresso Guanabara não vinha efetuando o pagamento do vale alimentação, a diferença salarial retroativa a maio de 2011, entre outros pontos. “Os funcionário também não estavam tendo folga semanal e cesta básica”, completa.

Jangadeiro on-line

Nenhum comentário: