sábado, 24 de março de 2012

Polícia prende jovens acusados de homicídio, receptação, agiotagem e direção perigosa em Mauriti-CE

Em operações distintas comandadas pelo Tenente George, militares do Destacamento de Mauriti prenderam três rapazes sob a acusação de crimes diversos. O agricultor José Pereira Araruna, de 29 anos, mais conhecido por Josélio, residente no Sitio Curtume (Distrito São Miguel), vinha praticando crimes de agiotagem, segundo a polícia. No último dia 12 de março, ele tinha sido preso com uma espingarda e na condição de suspeito de envolvimento em um homicídio.

O crime aconteceu na noite do último dia 11 de março na zona rural de Mauriti quando tombou morto com três tiros de revólver o agricultor Cláudio Cristovão da Silva que completaria 18 anos no dia 22 de abril. Ele seguia para casa em sua moto pela estrada do Sítio Curtume procedente da residência de uma ex-companheira de Josélio com quem estava namorado. Josélio, inclusive, veio ao IML de Juazeiro se submeter a um exame residuográfico.

Já o agricultor Iranilton Dias de Oliveira, 24 anos, residente no Distrito Olho D´água, foi preso sob a suspeita de crime de receptação. Eles estava com duas motos de procedências duvidosas, sendo uma delas com o chassi picotado. Era uma Honda CG Today de cor vermelha e placa BYW-7491, inscrição de Osasco (SP). A outra era uma Yamaha YBR de cor preta e placa MOU-8629, inscrição de João Pessoa (PB). Já o agricultor Damião dos Anjos de Sousa, de 25 anos, residente na Rua Benjamin Constant no Centro de Mauriti, foi preso em flagrante. 

Ele pilotava uma moto Honda CG de cor vermelha sem placa e em visível estado de embriagues. A polícia levou ainda para a Delegacia de Mauriti José Adiel da Silva, residente no Distrito São Félix, pilotando uma moto Honda XLR de cor branca, sem placa e o chassi picotado. Já um menor pilotava uma Honda CG Titan de cor azul, ano 1996 e placa KIQ-2826, inscrição de Serra Talhada (PE), enquanto outro rapaz não habilitado pilotava uma Honda CG Today de cor preta e sem placa. Participaram ainda das operações os Soldados Cícero, Gildécio, Bezerra, Siqueira e Sousa. 


Fonte:Site Miséria

Nenhum comentário: