domingo, 1 de abril de 2012

DENGUE: Mais 524 infectados no Ceará

O aumento nas chuvas já começa a ter impacto negativo no número de infectados pelo mosquito Aedes Aegypti. Isso porque 524 novos casos de dengue foram confirmados nesta semana no Ceará, segundo o informe semanal da doença, divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) na última sexta-feira.

Fortaleza foi o município com o maior aumento no número de casos, 368, o que representa mais de 70% dos doentes. Em seguida vem Juazeiro do Norte, com 16% dos casos confirmados. Houve um crescimento também na quantidade de casos de dengue com complicação e hemorrágica. Foram mais cinco infectados nesta semana.

Se comparados com a incidência da doença no mesmo período do ano passado, os índices são bem menores. Até o momento, a dengue atingiu 3.435 pessoas no Ceará. Em 2011, até março, foram 25.266 confirmações. Em relação aos casos notificados, a doença está presente nos 184 municípios do Estado, com 8.973 relatos.

Preocupação

No bairro Cocó, moradores denunciam a existência de vários focos do mosquito transmissor da dengue em casas abandonadas nas ruas Vilebaldo Aguiar e Gilberto Studart. Conforme a aposentada Maria Célia Melo de Carvalho, a situação é preocupante. "Estou com medo de adoecer porque em algumas dessas casas, o telhado já caiu e a laje se transformou em piscina", disse.

Para tentar resolver o problema, a aposentada entrou em contato com a construtora responsável pelas casas, cujos terrenos foram adquiridos no começo do ano. "Eles disseram que precisam de um alvará da Prefeitura para demolir e que isso demora um certo tempo. Mas não podemos ficar esperando para ficar doentes", ressalta.

Sobre o alvará, a Secretaria Executiva Regional (SER) II informa que somente amanhã o órgão poderá se posicionar sobre o caso.



Diário do Nordeste

Nenhum comentário: