quarta-feira, 4 de abril de 2012

Jardim-CE preserva seu patrimônio histórico



O município de Jardim, integrante da Região Metropolitana do Cariri,
é uma cidade limpa, de clima ameno e praças bem conservadas. O povo jardinense também preserva o seu patrimônio histórico. É o caso de um cruzeiro de madeira – com 213 anos de existência – localizado em frente à igreja-matriz de Santo Antônio. Ele foi erigido para perpetuar as Santas Missões, pregadas em Jardim pelo afamado Frei Vital de Franscarolo. Este frade italiano inaugurou o cruzeiro no dia 29 de junho de 1799.
Uma preciosidade histórica

Jardim possui, provavelmente, o mais bonito cruzeiro do Sul do Ceará. Ele tem na frente uma pequena escada (lembrando a descida de Cristo da cruz); um galo (refere-se à profecia de Cristo, em relação a negação de São Pedro); uma lança (recordando a perfuração do lado esquerdo de Jesus) e uma caixinha embutida abaixo de um dos braços da cruz. Na caixinha estão fragmentos dos ossos de Santa Dorotéia e uma oração com os seguintes dizeres: “A Cruz de Cristo, os méritos da Beatíssima e Imaculadíssima Virgem Maria e de todos os santos, protejam, salvem e defendam este lugar com todos os seus habitantes.” Tudo isso fruto da inspiração do Frei Vital de Franscarolo. Em 11 de setembro de 1942, esse cruzeiro foi retirado da frente da igreja-matriz e transferido para um dos cemitérios de Jardim, no caso o Cemitério São Miguel. Lá ficou durante 57 anos. Em 1999, quando completou o bicentenário, a Prefeitura de Jardim restaurou-o na sua forma original e recolocou de volta em frente à Matriz de Santo Antônio.

Fonte: Blog do Crato/ Coluna Armando Rafael

Nenhum comentário: