sexta-feira, 20 de abril de 2012

Polícia apreende três espingardas e socorre dois casos de violência doméstica em Mauriti-CE


Em operações distintas na tarde desta quinta-feira, a polícia de Mauriti apreendeu armas e no final do período vespertino foi acionada para socorrer jovens agredidas ou ameaçadas. Por volta das 12h30min, no Distrito do Buritizinho na zona rural de Mauriti, os PMs prenderam três agricultores residentes naquele distrito com espingardas. Cícero Pereira de Sousa, de 39, João Rodrigues dos Santos, de 70, e José Vieira dos Santos, de 56 anos.

Cícero mora na Rua da Paz e tinha em casa uma espingarda calibre 28 com três cartuchos deflagrados e um intacto. João reside na Rua José Furtuoso, 51 e era dono de uma espingarda calibre 32 CBC com 18 cartuchos intactos e dois deflagrados, enquanto José mora na Rua José Furtuoso e possuía outra espingarda calibre 32 com quinze cartuchos, sendo 13 intactos. A operação foi coordenada pelo Tenente George com o apoio dos Soldados Gildécio, Costa, C. Amaro, Siqueira e Sousa.

VIOLÊNCIA - Por volta das 16 horas, no Bairro Serrinha de Mauriti, foi preso José Murielio Mateus Furtado da Silva, natural de Barbalha e residente na Rua Maria Machado daquele bairro após ameaçar sua ex-companheira Rosivânia Neves Nogueira, de 27 anos, estudante, que mora na Rua 03 (Vila de Fátima) naquela cidade. Nos últimos dias, segundo ela, as ameaças vinham se intensificando e resolveu denunciá-lo. Uma hora depois, na Rua 02 (Bela Vista) foi preso o estudante Janailson dos Santos Silva, de 21 anos, ali residente, após agredir sua irmã e também estudante Janaina dos Santos Silva, de 18 anos.

Fonte: Site Miséria

Nenhum comentário: