quinta-feira, 17 de maio de 2012

Mais detalhes da prisão de golpistas que tentavam um derrame de notas falsa em Penaforte-CE


Conforme tínhamos  anunciado em primeira mão, mais noticias da prisão de um casal de golpista de Serra talha-PE preso aqui em Penaforte.
 A Polícia descobriu na tarde desta quarta-feira um derramamento de cédulas falsas na região do Cariri oriundas de Serra Talhada (PE). Quatro pessoas foram presas sob a acusação de integrarem uma quadrilha interestadual apontada como responsável pela distribuição das cédulas falsas entre os estados do Ceará e Pernambuco. Ao todo, foram recolhidas 104 cédulas de R$ 100,00 totalizando R$ 10,4 mil além de outras de R$ 50,00 (07), de R$ 20,00 (07) e uma de R$ 10,00 atingindo um valor global em cédulas falsas de R$ 10,9 mil.

Tudo começou quando duas comerciantes de Penaforte, proprietárias das lojas Rosa Morena e Clécia Modas, desconfiaram da qualidade das cédulas e foram ao Destacamento Miltar fazer a denúncia apontando as características dos acusados. A polícia saiu em diligência sob o coordenação do Major Sobreira, Comandante da Companhia de Brejo Santo, até prender um casal suspeito com duas crianças. Com eles foram encontrados R$ 1,5 mil em cédulas falsas de R$ 100,00, sete de R$ 50,00, outras sete de R$ 20,00 e uma de R$ 10,00.

Além disso, cartões e um cheque de R$ 250,00 do Banco Itaú, três cartões da Caixa Econômica, um do Carrefour, um cartão Bilhete Único de São Paulo, um ticket restaurante, dois celulares, seis pares de sapatos, uma bolsa, um colar de bijuteria, um kit de shampoo e condicionador, uma caixa de chocolate, um conjunto de material escolar, um CD pirata e uma almofada. Foram presos o frentista Jorge Gomes de Lima, de 35 anos, residente na Rua Joaquim de Sousa Melo (Bairro São Cristóvão) em Serra Talhada (PE) e sua irmã Eliane Cristina Gomes de Lima, de 33 anos, que mora no povoado de Malhada da Areia no município de Verdejante (PE).
A dupla fazia pequenas compras no comércio de Penaforte apenas com o objetivo de trocar e sair “derramando” cédulas falsas. Os irmãos trafegavam em um veículo Golf de cor prata, ano 2008, e placas ASG-3277, inscrição de São Paulo, levando a sobrinha e uma filha, ambas de 12 anos, para não erguer suspeitas na hora dos golpes. Ao ser preso, Jorge Gomes confessou que tinha mais cédulas falsas em sua residência no município de Serra Talhada a apontou outro membro da quadrilha igualmente pernambucano.

Uma equipe da FTA (Força Tática de Apoio) e militares do Serviço Reservado se juntaram a policiais do Pernambuco e prenderam mais duas pessoas: Maria Graciete de Lima, de 39 anos, que é a companheira de Jorge, e Cícero Romão Ferreira de Sousa, de 32 anos, dono do Golf apreendido em Penaforte. Na casa de Graciete, a polícia encontrou R$ 9 mil em cédulas falas de R$ 100,00, três cartões da Caixa Econômica Federal, cinco do Bradesco, dois do Itaú, um do Banco Santander e mais dois celulares. O dono do carro, Romão Ferreira, foi preso em sua casa na Rua Joaquim Sousa Melo, 151 (Bairro São Cristóvão) em Serra Talhada. No imóvel, foram apreendidas mais quatro cédulas falsas de R$ 100,00 escondidas dentro de um frigobar.







Fonte: Site Miséria
Fotos:Site Miséria/ Blog Nayn Neto

Nenhum comentário: