terça-feira, 1 de maio de 2012

Santa Cruz bate o Salgueiro e pega o Sport em busca do bicampeonato


Campeão pernambucano em 2011, o Santa Cruz brigará pelo bicampeonato estadual nesta temporada. O time derrotou o Salgueiro por 3 a 1, no estádio do Arruda, e conseguiu se recuperar do resultado adverso da primeira semifinal. Na ocasião, o time havia sido derrotado por 2 a 1 e garantiu presença na final graças aos gols anotados por Dênis Marques.


O adversário da equipe será o Sport, que empatou com o Náutico no último domingo e garantiu sua classificação por ter vencido o rival no jogo de ida das semifinais do Pernambucano.


A partida começou muito truncada e foi marcada pelas diversas faltas cometidas no meio-campo. As duas equipes abusavam das entradas duras na intermediária e cortavam qualquer investida adversária com carrinhos e fortes divididas.


Mesmo diante da boa postura dos defensores do Salgueiro, o Santa Cruz conseguiu explorar os atalhos do Arruda e abriu o marcador através do camisa 10 Natan, aos 35 minutos do primeiro tempo. O jogador, que vinha se destacando até o momento, recebeu passe de Luciano Henrique e chutou na canto esquerdo para colocar a Cobra Coral na dianteira.


Enquanto o time da casa comemorava o resultado que garantia a classificação do clube para a final do Campeonato Pernambucano, o Salgueiro aproveitou a desatenção no sistema defensivo e chegou ao empate no minuto seguinte. Marcos Tamandaré partiu em velocidade e cruzou para a área, onde Ceará cabeceou para grande defesa do goleiro. No entanto, Elvis aproveitou o rebote e empurrou para a bola para o fundo das redes.


A igualdade não desanimou a torcida do Santa Cruz, que continuou empurrando o time após a volta do intervalo. O incentivo das arquibancadas surtiu efeito logo aos 46 segundo de jogo, quando Flávio Caça-Rato foi derrubado dentro da área. Na cobrança do pênalti, o experiente Dênis Marques tomou a bola a chutou firme para manter o time à frente.


No lance seguinte, o Santa ganhou uma importante vantagem no confronto. Josa entrou de forma estabanada na jogada e derrubou Flávio Caça-Rato. O árbitro da partida não titubeou e mostrou o segundo amarelo para o atleta do Salgueiro, caracterizando a sua expulsão de campo.


Melhor em campo, o Santa Cruz conseguiu aproveitar a vantagem no placar e a classificação garantida para crescer o seu volume de jogo no restante da etapa complementar. O time chegou perto de ampliar o marcado com Dênis Marques e Renatinho, mas o goleiro Luciano apareceu bem e evitou um novo revés.


Entretanto, nem os zagueiros do Carcará e nem o camisa 01 visitante foram páreos para a ânsia de gols do atacante Dênis Marques. O jogador foi lançado em contra-ataque armado por sua equipe e esperou a saída do arqueiro Luciano para chutar firme, sacramentando a classificação do Santa Cruz.


Ao apito final, a vitória nesta segunda-feira levou os donos da casa de volta para a grande decisão do Estadual.


Fonte: Espn/G1.com

Nenhum comentário: