sexta-feira, 18 de maio de 2012

SANTOS 'QUEBRA MARCA', JOGA MAL E PERDE PARA O VÉLEZ NA ARGENTINA




"Viu esse aqui? Ele é o nosso Neymar". A frase é de Sebastián Domínguez, direto da concentração do Vélez Sarsfield, apontando para "El Burrito" Martínez. Sem ver o camisa 7 dos argentinos em campo, parecia exagero. Desde que a bola rolou, porém, o atacante justificou boa parte do elogio. Neymar, o verdadeiro, por outro lado, não foi o de sempre. E assim o Santos saiu atrás na primeira partida das quartas de final da Libertadores, ao perder por 1 a 0, gol de Obolo, no estádio José Amalfitani. Esta é a primeira vez que o time passa em branco desde a final do Mundial, contra o Barcelona, no Japão.
Bem abaixo tecnicamente na primeira etapa e um pouco melhor na segunda - mas só um pouco -, o time de Muricy Ramalho esteve longe de seu normal. Neymar tentou pouco - mas tentou. E Ganso foi completamente omisso. E nas poucas vezes em que tentou passe, errou e armou contra-ataque para o adversário.
O Vélez, até por isso, dominou a partida, mesmo sem ser brilhante. Sempre contando com as boas jogadas de Martínez, disparado o melhor em campo. Obolo, após 16 jogos em jejum, desencantou - e só não fez outro por causa da boa atuação de Rafael.
Muricy até tentou mudar a dinâmica da partida usando Borges no lugar do apagado Alan Kardec. A intenção da alteração foi boa: usar o bom pivô do centroavante para segurar a bola na frente e triangular com Neymar e Ganso. Em alguns lances deu certo, mas não o suficiente para ameaçar Barovero. O técnico também substituiu Elano por Felipe Anderson, sem sucesso.


Foto ilustrativa
Globoesporte.com

Nenhum comentário: